Portugal 0x0 Costa do Marfim – nem Cristiano Ronaldo nem Drogba

15 de junho de 2010

Antes da estreia do Brasil na Copa 2010, Portugal x Costa do Marfim fizeram a partida de abertura do Grupo G. Com Drogba ainda se recuperando da fratura no braço (o atacante deve estrear contra o Brasil), todos os holofotes estariam em cima de Cristiano Ronaldo, um dos melhores jogadores do mundo e uma das promessas da Copa 2010.

Para os brasileiros, além dos laços lusitanos, a partida interessava por vários motivos. Primeiro, porque se tratava de uma chance de observar os próximos adversários do Brasil na primeira fase, segundo porque três brasileiros naturalizados portugueses estariam em campo, Deco, Leidson e Pepe (o único que não jogou foi Pepe, contundido). E pra completar, quem gosta de futebol para pra ver Cristiano Ronaldo jogar. Do atacante sempre se espera uma jogada de talento e golaços.

Logo no começo da partida Cristiano Ronaldo já mostrou seu enorme talento. Em bela jogada, ele limpou a marcação e soltou a bomba do meio da rua acertando a trave esquerda aos 10 minutos de jogo. Afim de jogo, Cristiano Ronaldo mostrava muita disposição e aos 20 sofre falta clara de De Mel na entrada da área, mas o árbitro não marca. Cristiano Ronaldo e De Mel se desentendem e levam cartão amarelo.

Muito forte fisicamente, a seleção marfinense não perdia disputas de bola e aos poucos começou a equilibrar o jogo. No final do primeiro tempo já ensaiava uma pressão e Portugal não conseguia criar, batendo na sólida defesa da Costa do Marfim. Cristiano Ronaldo teria que aparecer mais no segundo tempo para desafogar a esquadra lusitana. A única boa jogada portuguesa foi seu chute na trave.

Cristiano Ronaldo enfrenta a marcação marfinense

Cristiano Ronaldo começou parecendo que ia arrebentar, mas não jogou nada


O segundo tempo começou com a Costa do Marfim partindo pra cima. O técnico português, que já começava a se preocupar, fica preocupado de vez quando vê o atacante marfinense Drogba, jogador do Chelsea, entrar em aquecimento. Os prognósticos apontavam que ele apenas deveria estrear contra o Brasil, mas ao que tudo indicava ele queria ir pro jogo. Estava na hora de mexer.

Sai Danni, o camisa 10 de Portugal, que fez uma partida pobre. No seu lugar, entrou o veloz Simão Sabrosa para tentar dar mais velocidade para o ataque português. Aos 16 minutos, mais uma alteração: sai o brasileiro naturalizado português Deco para entrada de Tiago. Deco fez uma apresentação apenas razoável, sem muito brilho. Enquanto isso, as duas seleções saíam pro jogo, dando indicativos que o zero podia sair do placar.

Aos 20, o estádio vem abaixo. Didier Drogba vai entrar em campo. Mesmo não estando 100% recuperado, sua presença em campo já impõe respeito. Kalou sai para dar lugar à estrela da Costa do Marfim. Agora o espetáculo estava completo, só faltava gol.

Cristiano Ronaldo e Drogba se abraçam

Nem Cristiano Ronaldo nem Drogba - Portugal e Costa do Marfim não saíram do zero


Mas essa animação inicial logo foi diminuindo e o jogo entrou em um ritmo moroso. Sem grandes emoções, nem Cristiano Ronaldo, nem Didier Drogba conseguiram fazer a diferença. A Costa do Marfim ainda pressionou nos 5 minutos finais, mas não teve nenhuma chance clara de gol. Fim de jogo, Portugal 0x0 Costa do Marfim. Excelente resultado para o Brasil, que agora só precisa vencer a Coreia do Norte para já estrear como primeira colocada do grupo. Melhor ainda, pelo que apresentaram, os próximos adversários do Brasil na Copa não assustam como se esperava antes do início do mundial. Fizeram um jogo fraco, com os principais jogadores rendendo bem abaixo da crítica. Nosso caminho parece ter ficado bem mais fácil.

4 Comentários

Publique seu comentário

  1. André
    jun 15 at 14:05

    Favor atentar aos erros básicos de português como “muito pouco” em lugar de pouquissímo e afins.

    Grato.

  2. Jheymysonn Klark Souza Andrade
    jun 15 at 15:14

    Brassil vai Esmagar a Costa do Marfim.
    Só vai ser 3×0 para o Brasil só…

  3. andréa duarte
    jun 15 at 18:40

    o brasilllll é show de bola vamos nessa

  4. andréa duarte
    jun 15 at 18:40

    isso é apenas o começo

Publique seu comentário