Brasil e Argentina será o jogo do ano segundo Maradona

26 de agosto de 2009

Está chegando o jogo do Brasil mais aguardado do ano. Mais até que a final da Copa das Confederações, quando o Brasil sagrou-se campeão. Quando se fala em Brasil e Argentina não tem outro jogo que se compare. Quem gosta de futebol e é brasileiro, já fica na expectativa roendo as unhas e contando os dias para poder xingar los hermanos nesse que é o maior clássico do futebol mundial.

E esse Brasil x Argentina não será diferente. Será uma partida importante, válida pelas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo 2010. O Brasil é líder das eliminatórias, está com um pé na Copa da África do Sul, mas ninguém quer perder pra Argentina. Já a situação dos argentinos não é lá muito confortável. A Argentina ocupa a quarta colocação das eliminatórias e Diego Armando Maradona ainda não se firmou como técnico. Seu cargo chegou a ser posto em xeque pelos argentinos depois da humilhante derrota de 6×0 para a Bolívia, mas Dieguito resistiu e continua no comando do time.

A Argentina precisa desesperadamente da vitória, primeiro para seguir tranquila nas eliminatórias e em segundo lugar para que Maradona respire mais aliviado, sem as constantes críticas e cobranças. O ídolo argentino vem sendo o personagem principal do jogo Brasil x Argentina, cuspindo sua metralhadora giratória para todos os lados. Ele já colocou o jogo no apertado estádio do Rosário Central para pressionar ainda mais a Seleção Brasileira e continua soltando suas farpas.

Maradona tem falado muito para promover o clássico

Maradona tem falado muito para promover o clássico


No começo da semana Maradona afirmou categoricamente que iria vencer o Brasil: “Vamos ganhar do Brasil porque temos os melhores jogadores. Ganhando deles, mostraremos tudo de bom que temos como grupo. Os rapazes estão afiados”, disse em entrevista para uma rádio argentina. Hoje sobrou para o Rei Pelé. Segundo Maradona, Pelé tem que parar de ser segundo nas eleições das quais participa. O treinador argentino disse: “Pelé tinha Coutinho e Rivelino, que para mim estão lá em cima. E depois tinha Jairzinho, Clodoaldo, Gérson e Tostão. Tinha monstros. Mas o importante é que houve uma votação do povo, e eu o deixei em segundo. Isso ninguém vai me tirar. E, no Brasil, houve outra votação na qual ele também ficou em segundo, atrás de Ayrton Senna. Então, que pare de ser segundo”. Essa entrevista foi dada para o site oficial da FIFA e Maradona não parou por aí: “Joguei dez anos no futebol europeu, e Pelé jogou no futebol sul-americano. Apesar de ter ganhado Mundiais, jogar na Europa é outra coisa. Peguei uma época do futebol espanhol e do futebol italiano que os marcadores eram cães de caça. Tive que enfrentar a morte”.

O fato é que Maradona se utiliza da sua projeção mundial para promover o clássico. Segundo ele, a partida é comparável a uma final de Liga dos Campeões. O ídolo argentino só falou bem do Brasil quando Kaká foi citado. Segundo Dieguito, Kaká tem a sua preferência no atual elenco brasileiro: “Do Brasil, gostaria de ter Kaká. Ele oferece desequilíbrio. Se fosse o contrário, eles gostariam de ter Messi, certamente”, comentou o treinador. Quando perguntado o que espera da partida, foi enfático: “Eles têm o futebol alegre e vistoso, enquanto nós temos garra e muito bons jogadores. Eu digo que aqui não há melhores, estamos os dois, cabeça a cabeça. É preciso levar em conta que os dois dão muitos jogadores ao futebol mundial, mas no momento somos os favoritos e vamos vencer”, disparou.

Brassil x Argentina. Kaká x Messi. Duelo imperdível!

Brassil x Argentina. Kaká x Messi. Duelo imperdível!


Enquanto isso o silêncio e a cautela imperam do lado brasileiro. Dunga não rebate as provocações de Maradona e está mais preocupado com seus convocados. O volante Josué, do Wolfsburg, foi cortado da seleção brasileira nesta terça-feira para os jogos com Argentina e Chile, dias 5 e 9 de setembro, pelas eliminatórias. Segundo a CBF, Josué sofreu uma lesão no joelho direito e fará uma artroscopia. Dunga ainda não anunciou quem fica com a vaga e Josué, mas deve se pronunciar em breve. Os jogadores se apresentam segunda-feira na Granja Comary para o início dos treinos. Na quinta, dia 3 de setembro, o Brasil embarca para a Argentina onde treina na sexta, véspera da partida contra os donos da casa.
Dunga espera que Josué seja a única baixa na seleção

Dunga espera que Josué seja a única baixa na seleção


Brasil x Argentina será no dia 5 de setembro, na cidade de Rosário, Argentina. O próximo jogo do Brasil será contra o Chile no dia 9 de setembro, em Salvador.

1 Comentário

Publique seu comentário

  1. lorena
    jul 03 at 12:19

    argentina vai jogar no dia 03 do 07 com a alemanha estou torsendo para ela

Publique seu comentário