Brasil x Omã – Último amistoso da Seleção no ano

16 de novembro de 2009

Depois da vitória por 1 a 0 sobre a Inglaterra no último sábado, o Brasil joga contra Omã nessa terça. Brasil e Omã será o último amistoso do Brasil em 2009. Depois a Seleção Brasileira só fará mais um amistoso antes da Copa do Mundo 2010. Claro que todos esperam uma chuva de gols contra a fraquíssima e desconhecida seleção de Omã, mas Dunga descarta o oba-oba e quer os jogadores concentrados e jogando com seriedade. Segundo o treinador brasileiro, “o Omã é um ótimo time”. Tentem segurar o riso, leitores.

Dunga foi assistir a Omã x Austrália no último domingo para “estudar” o time. Omã perdeu em casa por 2×1, em partida válida pelas eliminatórias da Copa da Ásia de 2011, que será disputada em Dubai. Dunga comentou sobre o jogo: “É um time técnico, forte, bem organizado, com bons e experientes jogadores que atuam fora do país. Contra a Austrália, jogou melhor, mas perdeu ótimas oportunidades. É um ótimo time”. Bom, para Dunga qualquer seleção pode ser forte, como já provaram Bolívia e Venezuela (só vamos parar de lembrar quando Dunga trouxer o hexa), mas a verdade é que apenas dois jogadores jogam no futebol europeu, sendo que um deles ainda é reserva! O goleiro Ali Al-Habsi, reserva do Bolton, da Primeira Divisão inglesa, e Amad Al-Hosni, atacante do Charleroi (?), da Bélgica.

Os jogadores estão tendo tratamento de príncipe em Omã. a Seleção está hospedada na cidade de Mascate, palco do amistoso Brasil x Omã. O hotelzinho que serve de “sede” provisória tem diárias que chegam a R$ 15 mil! O quartinho mais simples sai a módicos R$ 1.300. Os quartos dos jogadores têm cama king size, sacada, sistema de som e vídeo, cafeteira particular e banheira com vista para o mar. Com todo esse luxo, tem que jogar muita bola pra justificar. Se o Brasil jogar 50% do que pode, o placar mínimo seria de uns 4×0. Vamos ver.

O hotelzinho simples onde a Seleção está hospedada em Omã

O hotelzinho simples onde a Seleção está hospedada em Omã


Com a vitória sobre a Inglaterra, o Brasil mantém um sólido restrospecto contra seleções de renome. Em 2009 a Seleção Brasileira venceu a Itália (duas vezes), a Argentina e agora a Inglaterra. Tudo bem que a Inglaterra jogou com um time de reservas – Rooney foi o único titular – mas o treinador dos ingleses, Fabio Capello, teceu elogios ao Brasil. Destacou o condicionamento físico e a aplicação tática dos jogadores brasileiros. Segundo Capello, é difícil o adversário conseguir armar jogadas contra um time tão compacto. Ele ainda conclui dizendo que a Seleção Brasileira é a melhor do mundo na atualidade.

Dunga rebateu os elogios dizendo que não quer esse favoritismo: “O Brasil não é favorito. Até pouco tempo atrás, nos davam poucas chances. Temos que continuar assim. Temos que continuar trabalhando, buscando espaço e fazendo um jogo sem nos preocuparmos com o favoritismo. Favoritismo se faz dentro de campo”. Dunga só concordou quanto ao condicionamento físico dos jogadores: “Acho que o Brasil está equilibrado, com questão tática e condicionamento físico. Isso (vigor) é uma coisa da população brasileira. A estatura foi aumentando e isso dá aos jogadores mais qualidade”. Sr. Dunga, segundo consta aqui, o Brasil sempre foi e sempre será favorito em qualquer competição futebolística. Acorde para a realidade.

Dunga deve repetir o time que atuou contra a Inglaterra. Mesmo desfalcado, o Brasil não encontrou dificuldades para bater os reservas da Inglaterra e o placar só não foi maior porque Luís Fabiano perdeu um pênalti. O atacante, que foi substituído após sofrer um corte no olho, comentou sobre o lance: “Eu bati contra o Peru e acertei. Na preleção, o Dunga fala os batedores. Na hora do jogo, a gente conversa. Conversei com o Kaká, e ele deixou eu bater. Eu estava confiante, mas peguei muito embaixo da bola, acabou subindo”. Mas o Fabuloso está com crédito, é titular absoluto. Segundo o próprio Luís Fabiano, o corte no olho não o deixará de fora de Brasil x Omã.

Corte no olho não tira o Fabuloso do amistoso

Corte no olho não tira o Fabuloso do amistoso


Enquanto a vaga de Luís Fabiano é certa, Nilmar ainda luta pelo seu lugar na Copa 2010. Autor do gol da vitória contra a Inglaterra, o atacante sabe que deu mais um passo para garantir sua vaga na Copa do Mundo da África do Sul: “Acho que tenho que aproveitar as oportunidades. Infelizmente, o Robinho se lesionou e não deu tempo de se apresentar. Temos que aproveitar. O Dunga sempre disse que as oportunidades surgiriam. Tenho que aproveitar para estar nessa lista tão concorrida”.
Nilmar sorri pois sabe que vaga na Copa está perto

Nilmar sorri pois sabe que vaga na Copa está perto


Falta pouco para Dunga decidir quem vai para a África do Sul. Alguns medalhões ainda sonham com a Copa, como é o caso de Ronaldo Fenômeno, Ronaldinho Gaúcho e Adriano. Diego, mesmo em grande fase no Juventus da Itália, continua sem ser convocado por Dunga. Nilmar cava seu lugarzinho a cada chance que tem. A lateral esquerda ainda é uma incógnita. O zagueiro Juan corre o risco de perder a vaga devido a repetidas lesões. Enfim, muita emoção ainda está reservada até a lista de convocados para a Copa do Mundo 2010 sair.

Enquanto isso, curta mais um dos amistosos da Seleção Brasileira. Brasil x Omã, terça-feira 17/11, às 12h30m (de Brasília).

2 Comentários

Publique seu comentário

  1. Bruno Gomes
    nov 17 at 12:33

    Falcao, o Ronaldinho Gaucho merece ir a copa de 2010?

  2. Bruno Gomes
    nov 17 at 12:42

    Arnaldo, o Ronaldinho Gaucho merece ir a copa de 2010?

Publique seu comentário