Brasil 3×0 Chile – Brasil impiedoso despacha chilenos e agora é Brasil x Holanda nas quartas de final da Copa 2010!

28 de junho de 2010

O Brasil jogou as oitavas de final contra o Chile e manteve a tradição de sempre bater os primos sul-americanos em copas, vencendo bem e convencendo. A Seleção Brasileira entrou em campo no Ellis Park sem dois de seus titulares, Felipe Melo e Elano, que contundidos nem ficaram no banco de reservas. Mas quem entrou deu conta do recado: Daniel Alves substituiu Elano e Ramires substituiu – com louvor – Felipe Melo. Ramires foi muito bem em campo, um dos melhores do Brasil e só pecou por ter tomado o segundo cartão amarelo, o que deixa o jogador fora de Brasil x Holanda.

Já Daniel Alves teve uma atuação regular, não comprometeu mas ficou aquém do que pode render. Kaká levou mais um amarelo, sendo até agora o jogador mais indisciplinado da Seleção. Quem diria, hein Kaká? Mas o craque joga contra a Holanda, só não pode levar outro amarelo, pois caso o Brasil passe ele ficaria de fora da semi-final. No final Brasil 3×0 Chile foi um placar justíssimo e a Seleção Brasileira apresentou um futebol convincente, orgulhando a torcida!

O Chile confirmou sua fama de freguês logo no primeiro tempo. Depois de um começo equilibrado, onde o Chile tinha mais posse de bola, o Brasil conseguiu acertar a marcação e passou a dominar o meio-campo. Com chutes de fora da área Gilberto Silva e Ramires tentavam furar a defesa chilena. Mas o gol acabou saindo de uma jogada de bola parada, mais precisamente de um escanteio batido por Maicon. Juan subiu mais que todo mundo e testou firme para fazer o primeiro gol do Brasil.

Juan comemora o primeiro gol

Juan abriu o placar com um belo gol de cabeça


O Chile sentiu a pressão. Na cabeça dos chilenos deve ter passado o filme das derrotas que já cansaram de sofrer para o Brasil. As pernas tremeram, as jogadas não saíam e o Brasil dominava cada vez mais as ações. Três minutos depois de sofrerem o primeiro gol, tomaram o segundo em um duro golpe. Robinho tocou para Kaká no meio da zaga chilena, com um toque de gênio Kaká deixou Luís Fabiano na cara de Bravo. O Fabuloso só teve o trabalho de driblar o goleiro chileno e empurrar para o fundo do gol. Brasil 2×0 Chile e terceiro gol De luís Fabiano na Copa 2010.

Os Gols Brasil 3×0 Chile
Gols de Brasil x Chile
Gols do jogo do Brasil

Talvez o único ponto negativo do jogo tenha sido o segundo amarelo que Ramires tomou. Foi realmente uma pena, pois Ramires podia muito bem tomar a vaga de Felipe Melo de vez. O meia marcou bem e puxou contra-ataques com desenvoltura. Ao contrário de Felipe Melo, deu mais mobilidade e rapidez ao meio-campo do Brasil, isso sem contar que ele tem bom passe e arrancadas de tirar o fôlego. Numa dessas arrancadas saiu o gol mais bonito do jogo, já no segundo tempo. Ramires saiu quase do meio de campo e invadiu a defesa chilena com extrema velocidade, deixando a bola com açúcar para Robinho chutar de primeira no canto e fazer seu primeiro gol na Copa 2010. Brasil 3×0 Chile, fatura liquidada e Robinho eleito melhor em campo pela Fifa.

Daí em diante, o Brasil tocou bem a bola e não se desgastou. Dunga mais uma vez pecou por não tirar logo alguns jogadores que estavam pendurados com cartão. Ramires, jogador de marcação, acabou prejudicado. Levou o segundo cartão em um lance bobo e fica de fora do jogo contra a Holanda. Não sabemos se Dunga teria coragem de escalá-lo novamente com Felipe Melo recuperado da contusão, achamos mais provável que Dunga voltasse com o cabeça de área – e de bargre. Mas Ramires seria uma bela opção no banco. Perdemos com sua saída.

No geral foi uma ótima apresentação brasileira, onde Dunga conseguiu escalar um meio campo um pouco mais ousado e muito mais veloz. O resultado foi um domínio total do Brasil com jogadas rápidas e muita posse de bola, com passes certos (e objetivos) no meio e melhor movimentação do time todo. Até o setor esquerdo de Michel Bastos teve uma leve melhora com relação às outras partidas. Estranhamente a direita ficou mais fraca, com Maicon tendo uma atuação discreta. Daniel Alves, que deveria ajudar Maicon em suas investidas ao ataque, afunilou muito e até caiu mais para a esquerda algumas vezes. Caso Elano volte, o problema desaparece, mas se Elano ainda não tiver condições de jogo Dunga precisará corrigir o posicionamento de Daniel Alves.

No mais, a zaga fez mais uma boa apresentação, com Lúcio e Juan muito seguros. Michel Bastos marcou melhor e recebeu boa cobertura de Ramires, um verdadeiro motorzinho que marcava, puxava contra-ataques e ainda se apresentava na frente. Sua falta será muito sentida no díficil jogo das quartas de final. Brasil x Holanda é na sexta-feira (02/07), 11h (horário de Brasília). Brasil e Holanda já se enfrentaram 3 vezes em Copas. Em 74 a Holanda levou a melhor, mas em 94 e 98 o Brasil eliminou a Holanda nas quartas e nas semi-finais respectivamente. Para nossa alegria, Dunga ousou um pouco mais – até porque a as circunstâncias exigiram – e o Brasil jogou mais solto, mais leve e melhor! Depois do empate desmotivador contra Portugal, mesmo já classificado, o Brasil volta a nos empolgar com belos gols e futebol envolvente. Que venham os Laranjas!

FICHA TÉCNICA BRASIL 3 X 0 CHILE

Estádio: Ellis Park, Johannesburgo (AFS)
Data/hora: 27/6/2010 – 15h30 (de Brasília)
Árbitro: Howard Webb (ING)
Auxiliares: Darren Cann (ING) e Michael Mullarkey (ING)

Público: 54.096 pessoas
Cartões amarelos: Kaká e Ramires (BRA); Vidal e Fuentes (CHI)
GOLS: Juan, 34’/1ºT (1-0); Luís Fabiano, 37’/1ºT (2-0); Robinho, 14’/2ºT (3-0)

BRASIL: Julio Cesar, Maicon, Lúcio, Juan e Michel Bastos; Gilberto Silva, Ramires, Daniel Alves e Kaká (35’/2ºT – Kleberson); Robinho (39’/2ºT – Gilberto) e Luís Fabiano (30’/2ºT – Nilmar). Técnico: Dunga.

CHILE: Bravo, Isla (17’/2ºT – Millar), Contreras (Intervalo – Tello), Jara e Fuentes; Vidal, Carmona e Beausejour; Sánchez, Mark González (Intervalo – Valdivia) e Suazo.Técnico: Marcelo Bielsa.

1 Comentário

Publique seu comentário

  1. brasil
    jul 11 at 13:53

    o brasil e muito ruim ele nao sabe jogar

Publique seu comentário