Argentina 4×1 Coreia do Sul – show de Messi, Higuaín e Agüero

17 de junho de 2010

A Argentina entrou em campo no estádio Soccer City para sua segunda partida na Copa 2010. O adversário da vez foi a Coreia do Sul, que até o momento era líder do grupo com os mesmos 3 pontos portenhos, mas com melhor saldo de gols. Diferente da Coreia do Norte, a Coreia do Sul não tem nada de ingênua, com jogadores que atuam no futebol europeu (inclusive a estrela e capitão do time Park joga no Manchester United). Argentina x Coreia do Sul serviria para vermos se a Argentina realmente confirmaria sua condição de favoritos.

Como esperado, o jogo começou brigado, com a Argentina tentando tomar as rédeas das ações ofensivas. Mas nem precisou martelar muito a meta sul-coreana, eles mesmos se encarregaram de balançar as próprias redes. Aos 16 minuntos, Messi cobrou falta pela esquerdae a bola bateu na canela de Park Chu-Young. Gol contra, presentão para a Argentina. Ficaria fácil, já que o esquema inicial coreano estava desmoronando.

Logo depois, aos 17, Maxi Rodrigues ameaça novamente o gol da Coreia do Sul, mas a bola sai. A Argentina mostrava que ia contiunar no ataque em busca do segundo gol. Os sul-coreanos ainda chegaram com perigo aos 19, em um chute de fora da área que passou raspando, mas não teve jeito. Aos 33, Maxi Rodríguez cruza, Burdisso desvia de cabeça e Higuaín aparece livre para cabecear pro chão e fazer o segundo gol. Argentina 2×0 Coreia do Sul.

O primeiro tempo terminava enquanto tínhamos a certeza de que a Argentina definitivamente entrava na briga pelo título. A Coreia do Sul, que é um time brigador, tecnicamente razoável e de futebol rápido, só assistia a Argentina dominar amplamente a partida. Na verdade os sul-coreanos pareciam estar atordoados e amedrontados. Os jogadores não conseguiam trocar dois passes em campo e o esquema tático desapareceu. Se o técnico não arrumasse a casa no intervalo, a chance de tomar uma goleada era enorme. Mas eis que o presente que a Coreia do Sul deu foi retribuído pelos argentinos. Aos 46 minutos, com o juiz levando o apito à boca para terminar a primeira etapa, o zagueiro Demichelis dá uma bobeira incrível e perde a bola para Lee Chung-Yong, que toca na saída de Romero. Argentina 2×1 Coreia do Sul. De repente, em segundos, o rumo da partida poderia mudar. Que venha o segundo tempo!

Gols de Argentina x Coreia do Sul
Gols da Argentina

O segundo tempo de Argentina e Coreia do Sul foi muito bom. A Argentina continuou partindo pra cima, dando sinal de que não se abateu com a falha de Demichelis. Já a Coreia, voltou com uma alteração – Sung Yueng entrou no lugar e Nam-Il – e finalmente confiança para tentar empatar o jogo. Aquele temor que tomava conta dos sul-coreanos tinha desaparecido e aos 13 eles quase chegam ao empate. Ki-Hun recebe livre na área depois de contra-ataque veloz e bate para fora, perdendo o gol.

A partida continuava movimentada, e melhor ainda, indefinida. Por essas e outras o futebol é um esporte tão emocionante. A imprevisibilidade das partidas podem mudar a história de um jogo. Primeiro, foi o gol contra da Coreia que mudou o jogo a favor da Argentina. Quando tudo parecia resolvido, a bobeira de Demichelis ressuscitou a Coreia do Sul na partida, criando um adversário ferrenho para os argentinos.

As ações continuavam equilibradas e aos 29 Maradona resolveu injetar mais velocidade no ataque, tirando Tévez para a entrada de Agüero. E que substituição certeira de Maradona. Na primeira jogada dele, Agüero faz tabela veloz com Messi que bate para a defesa de Ryong. No rebote, o próprio Messi chuta na trave. Mais um rebote e dessa vez Higuaín (impedido) só empurra para o gol. Argentina 3×1 Coreia do Sul, a partida voltava para as mãos da Argentina. Mais uma vez um detalhe – a entrada de Agüero – mudou a história do jogo.

Aí novamente ficou fácil. Sem mais falhas bobas da sua defesa, a Argentina continuou em cima da Coreia e aos 35 deu seu golpe de misericórdia. De novo Agüero e Messi tabelam, Agüero levanta na área para Higuaín fazer o seu terceiro gol na partida, o quarto da Argentina no jogo: Argentina 4×1 Coreia do Sul. Higuaín agora é artilheiro da Copa 2010 com 3 gols.

Argentina praticamente classificada para as oitavas-de-final e uma das fortes candidatas ao título da Copa 2010. E parece que os argentinos gostaram de jogar no estádio da final da Copa 2010. Eles passearam no Soccer City, impondo uma goleada de respeito. Com Messi arrebentando e um banco que conta com estrelas e craques como Agüero e Diego Milito, a Argentina vem muito forte.

Ficha técnica Argentina 4×1 Coreia do Sul

Estádio: Soccer City, Johannesburgo (AFS)
Data-Hora: 17/6/2010 – 8h30 (de Brasília)
Árbitro: Frank de Bleeckere (BEL)
Auxiliares: Peter Hermans (BEL) e Walter Vromans (BEL)
Cartões amarelos: Gutiérrez, Mascherano e Heinze (ARG); Yeom Ki-Hun e Lee Chung-Yong (COR)
Cartões vermelhos: Não houve.
GOLS: Park Chu-Young (contra) 17’/1ºT (1-0), Higuaín 33’/1ºT (2-0), Lee Chung-Yong 46’/1ºT (2-1), Higuaín 31’/2ºT (3-1) e Higuaín 34’/2ºT (4-1)

ARGENTINA: Romero, Gutierrez, Demichelis, Samuel (Burdisso 23’/1ºT), Heinze; Mascherano, Maxi Rodríguez, Di Maria; Messi, Higuaín (Bolatti 36’/2ºT) e Tevez (Agüero 29’/2ºT) – Técnico: Maradona.

COREIA DO SUL: Jung Sung-Ryong, Oh Beom-Seok, Cho Yong-Hyung, Lee Jung-Soo e Lee Young-Pyo; Ki Sung-Yueng (Kim Nam-Il – Intervalo), Kim Jung-Woo, Lee Chung-Yong, Park Ji-Sung e Yeom Ki-Hun; Park Chu-Young (Lee Dong-Gook 36’/2ºT) – Técnico: Huh Jung-Moo.

Publique seu comentário